Chuvas de Verão

Especial Rodolfo Arena

Chuvas de Verão
Direção: Carlos Diegues
Brasil, 1977.

Por Ailton Monteiro 

Muito provavelmente o melhor dos filmes de Cacá Diegues, Chuvas de Verão (1978) é não apenas um dos melhores exemplares do cinema brasileiro como também um dos mais importantes filmes a tratar do tema da velhice e de homens e mulheres fracassados, à margem da vida. O foco do filme é Seu Afonso, brilhantemente interpretado por Jofre Soares, um senhor que passou a vida inteira trabalhando e só depois que a esposa morreu pôde pedir a aposentadoria para poder ficar em casa de pijama ou sentado na calçada, vendo o povo passar. Em especial, uma de suas vizinhas, a Dona Isaura (Miriam Pires), que será de fundamental importância para fechar o filme com um lirismo que faz falta no cinema brasileiro atual.

Rodolfo Arena faz o papel de um grande amigo de Seu Afonso, que de vez em quando, para desenferrujar, relembra os tempos em que era o Palhaço Guaraná. Seu personagem é importante para mostrar que o filme também lida com outra preocupação do mundo contemporâneo, a violência. No caso, o personagem de Arena é suspeito de ter alguma relação com uma criança desaparecida.  Esse caso, aliás, é outro exemplo do quanto o roteiro do filme, de autoria do próprio Diegues, foi bem amarrado.

O filme lida com o saudosismo de maneira delicada. Na cena que talvez seja a mais importante, a que mostra Seu Afonso tomando umas cervejas com Dona Isaura, a conversa gira em torno do cantor Francisco Alves, do quanto ele é superior a Roberto Carlos, na sua opinião. Enquanto Roberto Carlos sobreviveu a várias gerações, Francisco Alves ficou apenas nas memórias daqueles que o cultuavam e que pertence a um tipo de música que a contracultura acabou enterrando. Do mesmo modo que a prefeitura fará com a casa de Seu Afonso, com o projeto de construir um viaduto.

Outro fato interessante em Chuvas de Verão é o fato de Cacá Diegues ter conseguido encontrar leveza em temas tão melancólicos. Provavelmente isso se deva ao fato de ele também construir uma atmosfera de leve suspense, com a subtrama envolvendo o bandido Lacraia, fugitivo da lei e namorado da empregada da casa de Seu Afonso. Além do já citado caso do Palhaço Guaraná.

Chuvas de Verão tem um elenco de grandes intérpretes que é um charme a mais. Além dos já citados Jofre Soares, Miriam Pires e Rodolfo Arena, o filme ainda conta com um elenco de coadjuvantes ilustres como Paulo César Pereio, Cristina Aché, Marieta Severo, Daniel Filho, Gracinda Freire e Roberto Bonfim.

Anúncios